Archive for dezembro, 2008

Personagem: Joaquim Quirino dos Santos ( Coronel Quirino )

Retirado de uma das belíssimas revistas do Centro de Ciências, Letras e Artes (CCLA) do início dos anos de 1900.

Ao fazer a leitura do material para extração do essencial (como sempre faço); fiz por bem publicar todo o texto; pois o mesmo mostra o cotidiano de Campinas em 1899.

Escrito por Júlio Mesquita (campineiro e fundador do jornal O Estado de São Paulo) e datado de 16 de março de 1899.

O personagem retratado aqui tem seu nome em rua do bairro do Cambuí.

Divirtam-se com o texto.





Anúncios

Descaso com a História: Demolição do Palácio dos Azulejos

Fatos ocorridos nos governos dos srs. Ruy Novaes e Orestes Quércia.


Descaso com a História: Demolição do Mercadão!?!?!?

Artigos de 1970 e 1971. Somente publicarei as matérias sem nenhum comentário. Pois não merece!

Curiosidades: Lagoa do Taquaral em 1961

Interessante reportagem do jornal Folha de São Paulo de 05 de maio de 1961. Mais interessante ainda as fotos da Lagoa do Taquaral e dos bairros vizinhos.

Curtam as mesmas.


Memória Fotográfica: Rua Barão de Jaguara em 1901

Foto publicada em 28 de novembro de 1968 e texto de José de Castro Mendes.

Personagem: Padre Milton Santana

Por sugestão do leitor do blog, Carlos Roberto, segue algumas matérias do padre que fez história no bairro do Taquaral; mais precisamente na Igreja Nossa Senhora de Fátima.

Após sua morte em 1998; a população fez uma homenagem em colocando seu nome no centro de saúde atrelado à igreja. Ficando Centro de Saúde Taquaral Padre Milton Santana.

Justa homenagem, por sinal.




Curiosidades: Casas comerciais em 1955

Abaixo temos diversas propagandas retiradas dos convites de quando do “Jubileu de Prata” do teatro municipal.

Ao “trabalhar” as tais propagandas; “viajei no tempo” ao recordar algumas das casas comerciais que fiz uso no passado. Exemplo disto; a Livraria Universal onde eu e minha velha e falecida mãe compramos muitos livros para a minha educação escolar. Sem contar as Casas Pernambucanas, Casa do Linho Puro e assim vai.

Como eu sonhei; pois foram várias horas de pesquisa e formatação para a publicação que se segue, creio que os mais antigos com certeza sonharão com algumas das propagandas aqui publicadas. Pelo menos uma; com certeza haverá um “sonho”.

Dêem seus comentários de “sonhos” com as casas comerciais aqui publicadas. E também contem fatos curiosos com as mesmas.

Abaixo exemplo do começo do encarte de anúncio do evento.

Para facilitar a leitura; clique sobre a imagem.





Outro exemplo de início de encarte.

Ontem e hoje: Campinas Hotel

Há tempos tenho a foto do Campinas Hotel, retirada do livro de Geraldo Sesso, publicado em 1970; e sempre fiquei curioso por saber onde era este hotel com arquitetura tão singela. A pouco tempo atrás recebi de um colega; milhares de recorte de jornais digitalizados. Fazendo um “passeio” por todo este material, deparei-me com a matéria da década de 1960 abaixo. E por incrível que pareça “achei” o Campinas Hotel.

Seguindo a linha deste espaço na Internet; saquei fotos do local para ilustrar esta seção.

A foto abaixo é da década de 1920.

A foto abaixo é da década de 1960.

A foto aqui é de dezembro de 2008.


Abaixo temos o Campinas Hotel, que ficou somente na memória fotográfica.

E hoje (dezembro de 2008) o espaço em que o mesmo ficava, tem-se a av. dos Expedicionários, vindo esta da av. Campos Salles.

Personagem: "Luiz Corneta"

Personagem: Norberto de Souza Pinto

Neste 22 de dezembro de 2008 quando se completa 40 anos do falecimento deste personagem; faço aqui minha homenagem.

Vocês verão nos dados abaixo o quanto este senhor fez pelas pessoas com necessidades especiais. Além de grande psicólogo, teve também grande influência (como jornalista) na história de Campinas.

Fica aqui a minha homenagem à memória de Norberto de Souza Pinto.

Abaixo algumas reportagens publicadas ao longo do tempos, focando o homenageado.


Foto de 1901 mostrando-o quando menino. Veja que interessante na foto, no destaque, a maneira em que está as suas mãos.

Abaixo o livro lançado em 1967 onde mostra um pouco da vida do homenageado.

O instituto que leva o nome do personagem aqui homenageado; sendo este localizado à rua Miguel Penteado, 787, Jardim Chapadão, Campinas-SP.

« Previous entries