Archive for abril, 2007

Memória Fotográfica: 1968 Fim dos Bondes

Em 24 de maio de 1968, uma das várias homenagens de despedida dos bondes em Campinas. Na foto alunos e dirigentes do Colégio Culto à Ciência.

Anúncios

Memória Fotográfica: 1968 Fim dos Bondes

Em 24 de maio de 1968, uma das várias homenagens de despedida dos bondes em Campinas. Na foto alunos e dirigentes do Colégio Culto à Ciência.

Memória Fotográfica: 1923 – Teatro São Carlos – seu Interior

Memória Fotográfica: 1923 – Teatro São Carlos – seu Interior

Memória Fotográfica: Casa do ex-prefeito Miguel Vicente Cury

Abaixo mostra a casa, em dois momentos, do ex-prefeito de Campinas Miguel Vicente Cury. Teve dois mandatos (1948-1951 e 1960-1963). A casa localiza-se na Av. Barão de Itapura, 860.

Miguel Vicente Cury

Casa nos tempos antigos.
A casa no tempo atual.

Memória Fotográfica: Casa do ex-prefeito Miguel Vicente Cury

Abaixo mostra a casa, em dois momentos, do ex-prefeito de Campinas Miguel Vicente Cury. Teve dois mandatos (1948-1951 e 1960-1963). A casa localiza-se na Av. Barão de Itapura, 860.

Miguel Vicente Cury

Casa nos tempos antigos.
A casa no tempo atual.

Personagem: João Lanaro

Clique sobre a figura para poder ter uma leitura melhor.

Personagem: João Lanaro

Clique sobre a figura para poder ter uma leitura melhor.

Memória Escrita: Tipos Populares (João Lanaro)

Com a publicação deste livreto faço uma homenagem ao jornalista campineiro João Lanaro. “Tipos Populares” descreve algumas pessoas, em 1954, que por algum motivo ou outro eram “populares”.

O documento abaixo mostra o autógrafo do escritor.
Clique sobre a figura para poder ter uma leitura melhor.


Abaixo Coronel Receba

Gilda

Arroz do lado esquerdo do espectador e ao lado mais a direita do o jornalista João Lanaro.

Mané Fala Ó

Fala Rio


Dito Colarinho

Chumbinho

Zé Trovão – O Maior

Memória Escrita: Tipos Populares (João Lanaro)

Com a publicação deste livreto faço uma homenagem ao jornalista campineiro João Lanaro. “Tipos Populares” descreve algumas pessoas, em 1954, que por algum motivo ou outro eram “populares”.

O documento abaixo mostra o autógrafo do escritor.
Clique sobre a figura para poder ter uma leitura melhor.


Abaixo Coronel Receba

Gilda

Arroz do lado esquerdo do espectador e ao lado mais a direita do o jornalista João Lanaro.

Mané Fala Ó

Fala Rio


Dito Colarinho

Chumbinho

Zé Trovão – O Maior

« Previous entries