Archive for agosto, 2008

Curiosidades: Vista aérea de Campinas de 2007

Lindas fotos de Campinas. Você verá diversos locais históricos neste endereço de Internet.

http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=496816

Anúncios

Curiosidades: McDonald x Centro Infantil Boldrini x Domingos A. Boldrini

Neste 30 de agosto a casa de lanches McDonald faz uma grande campanha que beneficia o Centro Infantil Boldrini. Abaixo o ticket para o evento.

Fazendo uma conexão com a história de Campinas, tem-se abaixo a foto de Domingos Aldemar Boldrini quando bacharelandos no “Ginásio do Estado” de Campinas (hoje E. E. Culto à Ciência).

Esta foto rara que me chegou às mãos através do álbum dos bacharelando de 1934 do citado ginásio acima. Isto quando eu desenvolvia outro trabalho de pesquisa para a festa de 135 anos do “Colégio Culto à Ciência”.

História Agradece: Anna Luiza de Mello Falcão

Memória Fotográfica: Rua Barão de Jaguara proximidade do Largo do Rosário em 1952

Clique sobre a imagem e verá coisas interessantes.

Uma delas; sobre o prédio na esquina das ruas General Osório e Barão de Jaguara verá a propaganda da fábrica de bebidas Colúmbia e da cerveja Mossoró. Ache outras e deixe comentário no blog.

Personagem: Duílio Battistoni Filho

Fiz questão de postar nesta data esta personalidade em função de seu natalício.

Parabéns Professor.

Segue pequena auto-biografia.

Nasceu em Campinas a 27 de agosto de 1937. Fez o Curso Primário, hoje, fundamental, no Grupo Escolar D. João Nery desta cidade. Mudando-se para Tietê, S.P., estudou no Instituto de Educação Plínio Rodrigues de Moraes, onde concluiu o Curso Normal, em 1957.

Mudando-se para Campinas, licenciou-se em História pela PUC-Campinas, onde graduou-se em 1961. Exerceu suas atividades docentes no Magistério Oficial do Estado, como efetivo, em diversas localidades do interior paulista.

Em 1972 foi convidado para lecionar a disciplina História da Arte no Curso de Educação Artística do Instituto de Artes e Comunicações da PUC-Campinas. Foi coordenador, por duas vezes, do Departamento de Educação Artística na mesma universidade.

É autor de inúmeros trabalhos históricos e artísticos em revistas especializadas e dos livros “Pequena História da Arte” (17ª edição), “ Estudos Campineiros”, “Alguns aspectos da arquitetura urbana em Campinas” e “História das Artes no Brasil”.

Pertence à Academia Campinense de Letras, Academia Paulista de História, Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo e Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico de Campinas.

História Agradece: 8ª Caminhada Fotográfica Hércules Florence

Caminhada fotográfica pelos pontos históricos de Campinas fazendo assim o encerramento da II Semana Fotografia Hércules Florence.
Saída do busto (Herma) de Hércules Florence na Praça São Benedito, dia 24/08/2008 às 08:30 horas e findando na Estação Cultura, antiga Estação da Cia. Paulista de Estradas de Ferro.

Veja o roteiro abaixo.

Curiosidades: Dia do Soldado

O 25 de agosto foi designado Dia do Soldado porque neste dia, em 1803, nascia na cidade de Estrela, no Estado do Rio de Janeiro, Luiz Alves de Lima e Silva, o futuro Duque de Caxias, o maior soldado-estadista do nosso país. Descendente de uma família de militares, desde os cinco anos de idade ele já foi “programado” para a carreira dos seus ancestrais. Junto com seu pai, freqüentava o expediente no quartel do 20º Batalhão dos Sapadores Reais. Aos nove anos ingressou no Colégio Militar e aos 15 na Academia Militar, sempre alcançando o primeiro lugar.

“Pelos relevantes serviços prestados na Guerra do Paraguai”, o Imperador lhe concedeu, em 23 março de 1869, o título de Duque – o mais alto título de nobreza concedido pelo imperador.

Caxias foi Ministro da Guerra e Presidente do Conselho de Ministros por mais duas vezes; a última de 1875 a 1878.

Faleceu a 7 de março de 1880 na Fazenda Santa Mônica, nas proximidades do Município de Vassouras – RJ, sendo o seu corpo conduzido para o Rio e enterrado no Cemitério do Catumbi.


Hoje, os restos mortais do Patrono do Exército e os de sua esposa jazem no mausoléu defronte do Palácio Duque de Caxias, no Centro do Rio de Janeiro”.
Duque de Caxias é nome de rua na cidade.
O mantenedor deste espaço de Internet, cumpriu sua parte como cidadão brasileiro, prestando serviço ao Exército Brasileiro em 1973, como se pode comprovar em documento de 35 anos atrás.


Na foto em treinamento na cidade de Caconde, em 1973, este mantenedor é o primero à direita do espectador.

Memória Fotográfica: Vista aérea de 1952

Desafio aos mais antigos, assim como os mais novos. Ache onde está o Palácio da Justiça? Uma dica; o mesmo estava em construção pois ainda existiam na época tapumes cobrindo parte dele.
E a Matriz Catedral?
E o Cine Voga?
E o Teatro Municipal Carlos Gomes?
E Igreja do Rosário?

Ontem e Hoje: Rua Major Solon x Rua Dr. Quirino

O local focalizado contém a subestação energética da Companhia Palista de Força e Luz (CPFL).

O local em 2008.

Para uma melhor localização do local, veja abaixo em foto de 1980; onde aponta a seta. Veja que a avenida toda arborizada é a av. Orosimbo Maia.

Ontem e Hoje: Largo do Rosário

Olhe para as 3 fotos abaixo e faça você mesmo a análise das mudanças ocorridas.
Foto de 1952.

Foto abaixo de antes de 1957, pois a estátua de Campos Salles saiu deste local por este ano. Porém note que a construção do Palácio da Justiça já havia terminado, pois os tapumes da foto acima já não existiam mais.

Foto de 2008. (mais precisamente 24 de agosto de 2008, as 14:30h.)

Notou as luminárias? Nesta data se manteve o formato de 1952; porém é diferente ao da foto onde aparece o monumento de Campos Salles.

« Previous entries