Archive for abril, 2010

Efeméride: 24 de Abril – Falecimento de Cesário Motta Júnior

O Dr. Cesário Motta Júnior, ilustre educador, médico, político e maçom nasceu na propriedade rural denominada “Sítio Grande”, em Porto Feliz, São Paulo, no dia 05 de março de 1.847.

Era filho de Cesário Nazianzeno de Azevedo Motta Magalhães e de Dona Clara Cândida Nogueira da Motta.

Nasceu em meio a uma festividade, quando sua família encontrava-se em visita à casa de dona Ana Inocência de Camargo, viúva de Antônio Rodrigues de Campos Leite, falecido durante a revolução liberal de 1.842.

Sua chegada ao mundo, de forma a surpreender os pais, teve lugar naquela casa de amigos íntimos, em quarto improvisado, num sítio iluminado por paisagem singela e amena em Porto Feliz.

Cesário Motta Júnior estudou medicina na cidade do Rio de Janeiro.

Foi eleito Deputado à Assembléia Nacional, e conviveu com importantes figuras da história política brasileira, entre os quais, Prudente de Morais o primeiro presidente civil da República, Bernardino de Campos, da cidade de Amparo, presidente da província de São Paulo, Francisco Glicério, Rui Barbosa e Manuel Ferraz de Campos Salles, outro futuro Presidente da República.

Como educador emérito Cesário Motta Júnior é apontado, inclusive, como o grande reformador da instrução pública de São Paulo.

Foi também, como médico, um vigoroso lutador pela saúde pública em São Paulo, vez que, quando eleito deputado federal, na gestão do presidente Prudente de Morais, foi convocado pelo então governador de São Paulo, Bernardino de Campos, para assumir funções importantes no Governo.

Como Secretário dos Negócios do Interior do Governo de São Paulo, Cesário Motta Júnior cuidou da Educação e da Saúde com dedicação ímpar, procurando sedimentar e estabilizar as idéias advindas da Revolução Francesa.

Admirador da Arte Real, Cesário Motta Júnior envolveu-se com a maçonaria na cidade do Rio de Janeiro, e impulsionado pelos ideais republicanos; participou da Convenção Republicana de Itu, no dia 18 de abril de 1.873.

Durante os trabalhos da “Convenção de Itu”, discursou e agradeceu, em nome de Porto Feliz, o brinde levantado pelo Dr. João Tobias, aos republicanos das diversas localidades ali reunidos.

Importante salientar, de acordo com as assinaturas constantes do livro de presenças, que compareceram à importantíssima reunião 133 convencionais, na sua maioria maçons. Ressalte-se a coincidência do número que é de grande importância para a maçonaria.

Cesário Motta Júnior morou na cidade de Capivari, na Rua Saldanha Marinho esquina com regente Feijó, e foi venerável mestre da Loja Maçônica Integridade daquela cidade.

A Loja guarda como verdadeiras relíquias históricas atas e vários outros documentos originais, com assinaturas do ilustre cidadão portofelicense, que usava o pseudônimo de “Caning”.

O grande médico, higienista, educador, político, deputado, teatrólogo, historiador e maçom, participou da fundação de várias Lojas Maçônicas no interior do Estado de São Paulo, e faleceu na cidade do Rio de Janeiro, no dia 24 de abril de 1.897.

Acima, a escola Instituto Cesário Motta que ficava à rua São Pedro, Centro, em Campinas.
Anúncios

Memória Fotográfica: Bonde a tração animal em 1913

Efeméride: 22 de Abril – Falecimento de João Bierrembach; Funda-se Instituto dos Cegos; Pedra fundamental do edifício São Paulo

Efeméride: 21 de Abril – Edital para Cadeia Pública; Guerra do Paraguay; Colégio e Seminário Diocesano; Mercado do Povo

Encravado no centro da cidade, no quadrilátero formado pelas ruas Barão de Jaguara, Conceição, Lusitana e Ferreira Penteado, o Mercado Campineiro abastece uma freguesia habituada a encontrar no local bom atendimento e tempo para conversas infor mais.

Mais conhecido como o mercado da Barão de Jaguara, o local foi inaugurado em 1955, com o nome de Mercado do Povo, é uma das fontes de renda da Santa Casa de Misericórdia de Campinas. Diferentemente do que muitos pensam, o mercado não pertence ao município.

O terreno foi doado pela família da baronesa Geraldo de Rezende para a Santa Casa’de Misecórdia. No entanto, a posse total da área só será completamente da instituição em 2054, quando será lavrada a escritura definitiva de posse do imóvel. Essa era uma exigência da baronesa: não vender o prédio durante 99 anos.

Personagem: Escola Rio Branco (ex-Escola Alemã)

Em 19 de abril a escola acima fez aniversário de existência e aqui resgatando diversas matérias da imprensa campineira faço esta homenagem.


Efeméride: Orosimbo Maia – Dia e mês de seu falecimento

Neste dia 19 de abril onde marca a data de falecimento (19 de abril de 1939), coloco aqui um relato de uma pessoa que viveu muito próximo ao homenageado. Relato este cheio de ternura e fatos elucidativos da história; feito em 13 de dezembro de 1961 por Octávia Maia de Freitas Guimarães (sua filha).

Outros dados podem ser vistos em:

http://pro-memoria-de-campinas-sp.blogspot.com/2008/01/personagem-orosimbo-maia.html

História Agradece: Blogs sobre o "Colégio Culto à Ciência"

Convido à conhecer o belíssimo trabalho do prof. José Carlos Rocha Vieira Júnior, da cadeira de História do E. E. Culto à Ciência desde 1984.

Este trabalho vem reforçar, que nem tudo em Campinas está perdido em relação a preservação da memória e patrimônio histórico campineira.

http://historia-almaz-1.blogspot.com/

http://historia-almaz-2.blogspot.com/

O prof. Carlos (conhecido como “Carlão”) e toda a diretoria do Culto à Ciência (na pessoa da prof. Débora Seneme Gobbi), assim como este mantenedor – como ex-aluno e outros tantos pais e alunos, foram os responsáveis pela campanha que culminou na liberação de R$ 4,5 milhões do Governo do Estado; para a restauração do conjunto da escola.

A luta continua….agradeço ao prof. Carlão por compartilhar este material comigo. Conheça outros blogs sobre a escola:

Curiosidades: Local onde se hospedou D. Pedro II em 1846

Material resgatado do livro de Benedicto Octavio, Campinas Antiga, escrito em 1904 e publicado em 1905 e que conta a história da visita (o anúncio, a preparação, a própria e pós) de D. Pedro II em 1846 à Campinas.


Acima a solar de Felisberto Pinto Tavares na década de 1910, que depois se transformou em solar do Barão de Ibitinga; escola Ateneu Paulista e depois a escola “Anibal de Freitas”.


Mais história sobre o local pode ser visto em:

Efeméride: 18 de Abril – Nasce Bento Quirino; Inaugura-se a escola Correa de Mello

A Escola Corrêa de Mello no início dos anos 1900. Ficava onde está o terminal de ônibus em frente ao Mercado Municipal (conhecido como “Mercadão”).

Mais dados sobre Bento Quirino dos Santos podem ser vistos em:

http://pro-memoria-de-campinas-sp.blogspot.com/2007/02/personagem-bento-quirino-dos-santos.html

Personagem: Circolo Italiani Uniti

Neste 17 de abril faço uma homenagem à esta instutuição do passado e que ainda presta serviços hospitalares em Campinas; com o nome Casa de Saúde de Campinas.
Aspecto do antigo “Circolo Italiani Uniti”, em sua fase primitiva, quando era apenas um estabelecimento de ensino. Em 1918, por ocasião da gripe espanhola, a escola transformou-se em autêntico hospital graças ao espírito humanitário de Irineu Checchia, seu presidente à época.


Irineu Checchia


Mais detalhes podem ser vistos aqui mesmo no blog; em:

Next entries » · « Previous entries