Personagem: Bob Nelson (Nelson Roberto Perez) – Morte

Bob Nelson nasceu em Campinas, em 12 de outubro de 1918 e faleceu neste 28 de agosto de 2009 próximo passado.

Filho do espanhol José Perez, ferroviário da Mogiana, e Florismina (dona da pensão, Hotel Dalva, na av. Andrade de Neves). Fez o grupo escolar no anexo da Escola Normal e se formou contador na Escola de Comércio São Luiz. Antes de ser “crooner” do Julinho e solista do conjunto “Cacique”, na Rádio Educadora, trabalhou na Mogiana, foi contador do Frigorífico Armour, vendedor das meias ‘Etehel’ e caixeiro-viajante.

O primeiro caubói-cantor brasileiro era campineiro. Caubói com calça rancheira, revólver na cinta e chapéu. E chamava-se Nelson Roberto Perez. É claro!! Por imitar os “cowboys americanos”; teve que trocar de nome e aí virou Bob Nelson.

Quando Carmen Miranda se apresentou em Campinas em 1939, ele e Paulinho Nogueira tocaram para ela. Tentou a vida na capital paulista, em 1940, com a ajuda da irmã, Dalva, participando de programas de calouros.Por esta época, inspirado nos filmes de Gene Autry, passou a se caracterizar como “tirolês-caubói” e a cantar à maneira das montanhas do Tirol, ou seja “Tiro lei-í-te…”.

Fez dupla com Libertad Lamarque e Gregório Barrios, acompanhado por Luiz Gonzaga (em início de carreira).

Em 1943, na vóz de Bob Nelson, “Oh Suzana”, versão do sucesso de Stephen Foster, vendeu mais de 300 mil cópias. Ganhando um prêmio na Rádio Cultura de São Paulo por versão da mesma música.

De 1946 a 1971, participou por volta de dez filmes, entre eles “Este Mundo é Um Pandeiro”” (1946), “Segura essa Mulher” (1946) e “É Com Este Que Eu Vou”. Cantou também para o general texano Douglas McArtrhur (que participou da rendição do Japão, na Segunda Guerra). Aposentou na Rádio Nacional do Rio de Janeiro, em 1976.

No auge da carreira, quando já fazia a mistura do caipira com o country, Bob Nelson chegou a compor músicas para Luiz Gonzaga.

Serviu de inspiração para Erasmo Carlos, que era seu grande fã, para a música “A Lenda de Bob Nelson.

Apareceu pela última vez na TV no ano passado, em homenagem que lhe prestou outro grande fã: Jô Soares.

Em recente entrevista, Bob Nelson afirmou que a primeira coisa que comprou com o dinheiro que ganhou cantando foi um maço de cigarros.

O músico continuou a fazer shows até chegar aos 90 anos. Em entrevista recente, ele disse que “não conseguiria parar até morrer.”.

Bob Nelson casou com Antonietta Leal Perez, em 1950, e tiveram dois filhos, Nelson Roberto e Eduardo José, e dois netos, Luciana Antonela e Victor Eduardo.

Bob Nelson, morreu sexta-feira, aos 90 anos, vítima de câncer e complicações pulmonares; tendo ao fim uma parada cardíaca. Bob Nelson foi sepultado no sábado (28/08/2009), pela manhã, no cemitério São João Batista, em Botafogo, Rio de Janeiro.

Abaixo algumas filmagens onde aparece o homenageado.

Anúncios

1 Comentário »

  1. Anonymous Said:

    Marcos,

    Soube que ele morreu. Mas nunca soube que ele nasceu em Campinas

    Carlos Roberto


{ RSS feed for comments on this post} · { TrackBack URI }

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: